dez (10) pontos básicos para criar sites web acessíveis

1. Imagens e Animações:
Utilizar o atributo alt para descrever a funçao de cada elemento visual.

2. Mapas de imagens:
Utilizar o elemento map e texto para as zonas ativas.

3.Multimídia:
Utilizar subtítulos e transcrições de áudio e descrever o vídeo.

4.Texto nos Links:
Utilizar texto que tenha sentido, se lido fora do contexto. Por exemplo, evitar “clique aquí.” (tenho que melhorar nisso)

5.Organização da página:
Utilizar cabeçalhos, listas e estrutura consistente. Fazer uso de CSS para realizar a formatação, onde for possível.

6.Figuras e diagramas:
Descrever brevemente na página e utilizar o atributo longdesc.

7.Scripts, applets e plug-ins:
Proporcionar conteúdo alternativo para os dispositivos não acessíveis ou que não tenham suporte.

8.Frames:
Utilizar o elemento noframes e títulos com sentido.

9.Tabelas:
Possibilitar a leitura linha a linha. Sintetizar.

10.Revisar o trabalho:
Verificar. Utilizar as ferramentas, e verificar se estão de acordo com as pautas de: http://www.w3.org/TR/WCAG

Para maiores informações, visite:
http://www.w3.org/WAI/References/QuickTips/
http://www.prodam.sp.gov.br/acess/
http://webstandards.org/
http://fatorw.com
http://iainstitute.org/
http://www.antoniobarranco.com/

La Comunidad de Programación

O projeto consite na criação de uma comunidade on-line em espanhol, onde todos os programadores, desenvolvedores, webdesigner, administradores e demais pessoas talentosas possam se unir para formar uma equipe com o objetivo principal de fomentar conhecimento. Porque sabemos que não podemos ter conhecimento de todas as coisas, mas se dominamos uma parte, que é complemento para as outras, de igual maneira há a possibilidade de aprender coisas novas. – http://www.mygnet.com/

Análise de acessbilidade e otimização de códigos CSS

Sites que realizam análise de acessibilidade de acordo com as recomendações internacionais da W3C/WAI/WCAG 1.0. Isto quer dizer que o site será analisado de forma que o se verifique se foi preparado para receber um maior número de visitantes, inclusive pessoas portadoras de necessidades especiais, principalmente aquelas com deficiência visual.

» Scrutinizer
» Da Silva
» Examinator

CleanCSS é um otimizador e formatador poderoso de arquivos CSS. Basicamente, examina seu código e sugere a limpeza. Foi desenvolvido sob as diretivas do software livre, baseado no CSSTidy.
Realmente é funciona, vale a pena. Visite: http://www.cleancss.com/

Tabela zebrada

Vejamos como fazer o resultados de busca no banco sair em uma tabela zebrada (cor sim, cor não 🙂 )

Há diversas maneiras:

1º – Utilizando FOR
for

2º – Utilizando CSS
css

3º – Utilizando FOR mais fácil
facil