29 Aug

Ícones personalizados para entradas customizadas no WordPress

Uma das novidades mais legais da versão 3.0 do WordPress é a possibilidade de criar formulários de entrada de dados com campos personalizados. É uma funcionalidade que tem muito a crescer, pois com este recurso pode-se transformar o WordPress em praticamente qualquer coisa que imaginar.

Pois bem, provavelmente você esta ansioso para começar a criar suas entradas de dados personalizados, e para “floriar” um pouco, você pode conferir esta lista com nada menos de 3.000 ícones.

Caso não se lembre do procedimento para utilizar ícones para seus formulários personalizados, aqui tem o código, mais abaixo um vídeo explicativo, para que não tenha mais dúvida.

        < ?php
    add_action( 'admin_head', 'cpt_icons' );
    function cpt_icons() {
        ?>
        <style type="text/css" media="screen">
            #menu-posts-POSTTYPE .wp-menu-image {
                background: url(< ?php bloginfo('template_url') ?>/images/TUICONO.png) no-repeat 6px -17px !important;
            }
        #menu-posts-POSTTYPE:hover .wp-menu-image, #menu-posts-POSTTYPE.wp-has-current-submenu .wp-menu-image {
                background-position:6px 7px!important;
            }
        </style>
    < ?php } ?>
18 Aug

DotProject: Erro ao associar arquivo anexado a uma determinada tarefa

Este erro ocorre na versão 2.1.5.

Quando se tenta fazer o upload de um determinado arquivo e deseja associar o arquivo a uma tarefa, na janela que se abre para que seja possível selecionar a tarefa é exibida a mensagem de erro: “Incorrect parameters passed

É simples de resolver,

edite o arquivo modules/files/addedit.php, indo até a linha 139 (onde consta a instruções de window.open) e adicione um “&” entre os termos:

dialog=1 e callback=setTask

Ficando assim:

 window.open('?m=public&a=selector&dialog=1&callback=setTask&table=tasks&task_project='
                            + f.file_project.options[f.file_project.selectedIndex].value, 'task','left=50,top=50,height=250,width=400,resizable')

Feito isso, faça um logout na aplicação, e de um restart no apache e pronto, já poderá associar uma tarefa ao arquivo anexado.

08 Aug

Evu.li – Baixe a lista de convidados do evento que você organizou no Facebook

Hoje em dia, muitas pessoas utilizam o Facebook para organizar seus evento, e para tais pessoas, com certeza esta ferramenta é de grande utilidade.

É o Evu.li, uma simples e útil aplicação online que permite baixar diretamente em seu computador uma lista em excel com todos os inscritos em seu evento pelo Facebook.

O funcionamento é super fácil, basta dar permissão a Evu.li para que se conecte em seu Facebook e então basta selecionar o evento e baixar o arquivo.

Devido a uma limitacão da API do Facebook só é possível extrair 1000 registros, o que pra grande maioria dos casos é mais do que o suficiente.

Link: Evu.li
Vía: 140Geek

29 Jul

Howto: DotProject com problemas para enviar emails

Na Gestão de Projetos de TI,  se  torna necessário o uso de uma  ferramenta que acompanhe, auxilie e trabalhe o dia-a-dia do Gerenciamento de Projetos. O DotProject é um Software Livre
voltado  para  gerência  de  projetos,  e  muito  utilizado  em  TI.  Com  o  dotproject  é  possível controlar  todos  os momentos  do  gerenciamento  de  um  projeto,  incluindo  custos,  prazos  e stakeholders envolvidos no projeto. Provavelmente você já o conhece.

É muitas vezes instalados dentro de uma Intranet e  não é difícil encontramos reclamações de envio de email pela aplicação.

Pelo Dot é possível configurar a forma de envio das mensagens pelo Menu Admin. do Sistema » Preferências » Configuração do Sistema, sendo possível utilizar um servidor externo de SMTP ou pelo próprio PHP através do sendmail.

Para usar o sendmail basta configurar da seguinte maneira:

  • Transporte de Email: Padrão PHP
  • Servidor SMTP: /usr/sbin/sendmail
  • Porta: 25

E só.

Ai que vem o problema, os emails enviados pelo Dot utilizando esta configuração possui a seguinte linha no cabeçalho: Received: (from apache@localhost), com isso muitos provedores (não são todos) realizam a checagem do cabeçalho e simplesmente rejeitam as mensagens, Gmail por exemplo aceita já o Google APPs que é o serviço do Google para servidores de email a domínios particulares não aceita.

Certo, ai talvez você seja cliente do Google APPS assim com eu e resolva utilizá-lo como seu servidor de SMTP externo:

  • Transporte de Email: SMTP
  • Servidor SMTP: smtp.gmail.com
  • Porta: 465
  • Servidor Requer Autenticação
  • Usuário SMTP: usuario@seudominio.com
  • Senha do SMTP: sua senha
  • Habilitar TLS para SMTP

Provavelmente isso não vai funcionar, e vai retornar como erro: Failed to send email: 503 5.5.1…

Solução 1:

Trocar o Sendmail pelo Postfix. Se estiver usando CentOS (Red Hat, Fedora…) é só fazer assim:

# yum install postfix system-switch-mail

# system-switch-mail

Vai ser exibido uma tela para que você faça a alteração de agente de Transporte de E-Mail (MTA), sendmail e postfix. Escolha postfix e confirme.

Agora você edite o arquivo php.ini que fica em:

# vi /etc/php.ini

localize a linha:
sendmail_path = /usr/sbin/sendmail -t -i

altere para:
sendmail_path = /usr/sbin/sendmail.postfix -t -i

Reinicie o posfix

# /etc/init.d/postfix restart

Volte ao DotProject e vá até as configurações de SMTP (Menu Admin. do Sistema » Preferências » Configuração do Sistema).

Se estiver usando Ubuntu (Debian e derivados)

# sudo apt-get install postfix

Durante irá perguntar o tipo de servidor, você responde: “internet site”

Edite para ficar assim:

  • Transporte de Email: SMTP
  • Servidor ssl://smtp.gmail.com
  • Porta: 465
  • Servidor Requer Autenticação
  • Usuário SMTP: usuario@seudominio.com
  • Senha do SMTP: sua senha
  • Desmaque o TLS

Pronto com isso já deve funcionar.

Solução 2

Alterando alguns arquivos de configuração apenas:

Primeiro para corrigir o erro: Failed to login to SMTP server: 502 5.5.1
http://www.dotproject.net/vbulletin/showthread.php?t=5359&page=2

Depois este segundo passo:
http://www.dotproject.net/vbulletin/archive/index.php?t-5301.html

Referências

http://wiki.centos.org/HowTos/postfix
http://www.linuxmail.info/postfix-smtp-server-howto-centos-5/
http://drupal.org/node/321857
http://serverfault.com/questions/108047/ubuntu-mail-server-switch-to-postfix-from-sendmail

21 Jul

Exibir todas as imagens de uma pasta utilizando PHP

Com este pequeno script é possível exibir todas as imagens de uma determinada pasta. Adicionei uma tabela para ter uma visão de impressão.

< ?php
//Sua pasta
$files = glob("imagens/*.*");

$colCnt=0;
echo '<table border="0" style="width:590px;">';

for ($i=1; $i<count ($files); $i++)
  {
  $colCnt++;
  if ($colCnt==1)
  echo '<tr>';
  echo '<td width="25%" style="font-size:8.5px; font-family:arial">';

  $num = $files[$i];
  echo '<img src="'.$num.'" align="absmiddle" /> ';
  print substr(substr($num,6,100),0,-4);

  echo '</td>';

  if ($colCnt==4)
    {
    echo '';
    $colCnt=0;
    }
  }

echo '';
?>

22 Jun

WordPress – Esqueleto para desenvolvimento de temas validados

É sempre um processo frustrante iniciar um tema WordPress do zero. Você sempre acaba pegando trechos de código a partir de outros projetos e muitas vezes coloca lixo em seu tema.

Por isso que sempre agradeço a comunidade WordPress por produzir os chamados temas esqueletos, que são modelos para “ir crescendo”, ou seja, traz tudo já personalizado e dentro dos padrões, com um contexto simplista, que você pode utilizar em qualquer projeto.

Bones
Criado após anos de utlização e edição do mesmo template para desenvolvimento de sites personalizados. Todo documentado e seguindo os padrões atuais de HTML 5, permite ter um tema WordPress validado W3C e com recursos avançados sem a necessidade de plugins.

Whiteboard
Se você é o tipo que gosta ter todo o código HTML validado antes de transfomar em tema WordPress, Whiteboard irá tornar sua vida muito, muito mais fácil. É um tema WordPress em sua forma mais básica, com todos os modelos necessários, configurados e prontos para você para colar em seu projeto. Também inclui algumas perfumarias como “Links de socialização”, com links para Technorati, Digg, StumbleUpon e muito mais.

Existem outros ótimos também:

17 Jun

Rede Cama e Café

 

“Bed and Breakfast” (B&B) é um jeito muito legal de se hospedar, claro, se você tiver espiríto mochileiro. Foi criado na Irlanda, e é muito difundido na Europa, porém o negócio é tão promissor que a cada dia novos locais são adicionados.

Como funciona?

A idéia é se hospedar na casa de um morador local, que lhe oferece, todos os dias, um delicioso café da manhã, incluído na diária. O modelo se encaixa perfeitamente na personalidade do brasileiro, naturalmente cativante e hospitaleiro.

Uma central de reservas estrutura e agencia a rede de residências para hospedagem. Esta central faz a ligação entre hóspede e anfitrião, fornece informações sobre residências e tarifas e cuida da efetuação dos pagamentos.

A escolha da residência pode ser feita pela sua localização, pelas vantagens e facilidades que oferece, ou pelo perfil do anfitrião. Os hóspedes podem, se assim quiserem, preencher um cadastro mais detalhado, com questões que abordam seus hábitos – como, por exemplo, ser fumante, ter ou gostar de animais de estimação, hobbies, profissão que exerce etc. – para que, com os dados em mãos, a central sugira, de acordo com interesses, gostos e expectativas do hóspede, a casa e o anfitrião que lhe pareçam mais interessantes.

Veja os vídeos abaixo para entender melhor:

YouTube Preview Image YouTube Preview Image

O grande diferencial deste tipo de hospedagem é a possibilidade de convívio diário com os habitantes locais, seus hábitos e sua cultura e lógico, o preço.

Encontrar lugares para ficar ficou muito mais fácil com a Internet, especialmente com dois sites, competidores entre si, e que receberam fortes investimentos ultimamente: Wimdu e AirBnB.

Tem até uma versão brasileira, o Cama e Café, veja o vídeo deles abaixo.

YouTube Preview Image

Então, se você também tem um quarto disponível em sua casa, é uma forma interessante de fazer dinheiro e amigos!

Outras referências:

09 Jun

Howto: Como utilizar mais de 4GB de memoria RAM em um sistema de 32bits?

Howto: Como utilizar mais de 4GB de memoria RAM em um Sistema Operacional de 32bits?
================================================================

Este é um problema bastante comum, veja só a situação:

Você configurou seu servidor, tudo perfeito e o mesmo esta funcionando 100%, depois de um tempo percebe que irá precisar colocar mais memória, seja por qual for o motivo (instalou o Tomcat, Jboos… e afins… ), e ao adicionar novos pentes de RAM nota que o Sistema Operacional não reconhece as novas memórias, ou seja, você esta utilizando um S.O de 32bits.

O que fazer? Bem, passei por isso esses dias, e o administração da rede simplesmente disse: “faz outra máquina com S.O de 64 bits”.

Não vou dizer que ele esteja errado, porque pode ser a oportunidade de renovar o S.O e tudo mais, porém é chato ter que configurar tudo novamente, serviços, crons… e etc. Felizmente há uma solução.

Basta instalar o Kernel com suporte para PAE (Physical Address Extension):

Para Linux Debian Squeeze ou Wheeze:

Versões estáveis e testadas:
# aptitude install linux-image-2.6-686-bigmem

Para Debian Sid:
# aptitude install linux-image-686-pae

Para CentOS e RedHat derivados:

# yum install kernel-PAE

Após isso é só dar um Reboot e as novas memórias serão reconhecidas.

Há, também é possível fazer isso em Windows 7, basta instalar este Pach:

Windows 7 32bit 4GB Ram Patch (2.3 MiB)
Instruções: http://www.howorks.com/

01 Jun

Biblioteca Comunidade Joomla – Livros e manuais para aprender a utilizar e desenvolver com Joomla! (espanhol)

É… a cada dia me vejo obrigado a escrever e disseminar alguma coisa de Joomla…

Há muito conteúdo de qualidade em espanhol a respeito do CMS. Recentemente me deparei com um projeto chamado Biblioteca Comunidad Joomla, com diversos livros para aprender a utilizar e desenvolver, como:

  • Guia de início rápido para Joomla! 1.5
  • Manual de usuário para Joomla! 1.5
  • Desenvolvimento básico de temas para Joomla! 1.5

Este último livro (imagem acima) é o lançamento mais atual da biblioteca.

Com mais de 100 páginas é um guia fundamental tanto para novatos como para usuários avançados, veja o que você poderá aprender:

  • Entender a estrutura básica de um tema;
  • Conhecer os arquivos que compõe um tema e quais suas funcionalidades;
  • Poder adicionar novas características e estilos personalizados;
  • Saber a modificar corretamente temas baixados;
  • Saber criar um tema do zero.

Todo o material (inclusive os exemplos) encontram-se no repositorio GitHub, onde é possível colaborar, propondo melhoriass e reportando erros e correções. Há, é tudo de graça.

Link: http://biblioteca.comunidadjoomla.org/

Via: dzign