Streaming de áudio, vídeo e fotos de um compartilhamento Samba no Android

Sei que existem diversas aplicações para isso, mas compartilho aqui uma solução simples e eficiente.

Como muitos por ai, eu também tenho um servidor NAS que contém todas as minhas mídias (filmes, músicas, fotos, documentos, etc), acessível através de um compartilhamento Samba em computadores, tablets, celulares e TVs, através da minha rede local wifi.

XMBC funciona muito bem para exibir todas as mídias diretamente na TV, no entanto, eu estava procurando uma maneira de transmitir a mídia diretamente para um tablet Android e para o Google TV – Rikomagic MK802 IV que utilizo em uma TV antiga, que não possui recursos de smartTV. E encontrei esta solução gratuita:

  • Instale ES File Explorer (gratuito) a partir do Google Play.
  • Instale RockPlayer Lite (gratuito) a partir do Google Play

Com o ES File Explorer aberto, vá até a aba LAN (Rede), em seguida, clique em ‘New’, e então em ‘Servidor’ (menu).

Digite o endereço do servidor/ IP, em seguida, uma barra, então o nome do compartilhamento e as credenciais, se necessário.

Pressione OK, agora você deve ser capaz de ver todos os arquivos em seu compartilhamento Samba com facilidade.

Quando você abrir em um arquivo de filme (avi/mpg/wmv etc), você receberá um prompt para escolher qual player de vídeo você deseja usar. Selecione RockPlayer Lite, e seu filme vai começar a rodar em poucos segundos.

Eu testei isso para uma variedade de tipos de arquivo de filme e tamanhos e RockPlayer Lite funciona muito bem, inclusive avançando e retrocedendo através do filme.

Para filmes em HD, tem que se esperar um pouco mais para seja carregado em buffer antes de começar a rodar (por exemplo uns 10 segundos), uma vez que começar, fica bastante estável (sem buffer).

Eu também testei essa abordagem em um Galaxy Tab P1000 (Android 2.2) e funciona da mesma forma). Incrível!

E, claro você também pode usar esta solução para ouvir música e ver fotos do seu servidor, em qualquer lugar ao alcance do seu sinal wifi 🙂

Como estender o acesso à rede para outros cômodos, ou outros prédios de forma barata?

Recentemente um cliente solicitou uma solução para estender seu acesso à Internet em de sua principal para um anexo, o que ele chamou de jardim-office, que nada mais é que um espaço separado da casa principal, cerca de uns 90 metros.

Havia um roteador sem fio na casa principal, mas o sinal chegava fraquíssimo no jardim-office que possuía muros e paredes com vidro.

O lançamento de um cabo UTP do roteador para os equipamentos do anexo teria sido tecnicamente a melhor solução, mas considerando que isso envolveria passagem de canaletas ou eletrodutos que influenciaria diretamente na estética do ambiente e caso a opção fosse utilizar dutos subterrâneos o custo para escavação elevaria o valor do projeto, esta solução foi descartada.

Uma opção mais barata seria a de instalar um ponto de acesso sem fio externo ao lado da casa com a antena direcionada ao anexo, mas, dada a construção do anexo (paredes duplas de tijolos) não havia a chance de que a intensidade do sinal dentro da anexo fosse confiável.

Wireless Bridge

Outra opção sem fio teria sido a de criar uma ponte (bridge) entre a casa principal e um anexo, como mostrado no diagrama abaixo:

Esta opção também teria sido uma boa solução, mas isto envolveria custos significativos em termos de equipamentos e mão de obra na montagem dos dispositivos externos.

Vale destacar que quando se deseja interligar pontos que estão até 10 km um do outro, Wireless Bridger é de fato uma excelente solução de baixo custo para fornecer serviços de telecomunicações e internet.

HomePlug

Na verdade, a solução de bridge teria sido a solução preferida, mas para o fato de que havia uma conexão elétrica de alimentação ligando o anexo à casa principal, isso nos permitiu usar a rede de cabeamento elétrico existente para fornecer acesso à internet no jardim-office por cerca de R$ 100,00.

Esta solução é conhecida como HomePlug (ou Powerlan).

Uma solução HomePlug é composta por pelo menos dois adaptadores de rede: um adaptador primário e até 15 adaptadores escravos.

O adaptador primário se conecta através de um cabo de rede a uma das portas Ethernet na parte de trás do roteador existente. Ele também se conecta a uma tomada elétrica de alimentação. Os adaptadores escravos são ligados à rede elétrica nas áreas onde o acesso à rede é necessário.

Existem diferentes tipos de adaptadores escravo. Para o anexo optamos por um adaptador escravo que combinava as funções de um ponto de acesso sem fios e portas ethernet, facilmente encontrado nos sites chineses como o aliexpress e dealextreme (Tenda PW201A, GEEYA H25C1 e outros).

Isso proporcionou o acesso sem fio ao anexo juntamente com a capacidade de conectar dispositivo com fio, como uma impressora ou um PC por exemplo. O diagrama abaixo mostra a solução que foi implementada para cliente

Nos últimos anos, dispositivos HomePlug aumentaram sua velocidade e faixa sobre a qual eles operam de modo que atualmente eles podem suportar serviços de dados intensivos, como streaming de vídeo e jogos.

HomePlug nunca vai ser capaz de vencer a velocidade ou a segurança de uma conexão direta via cabo ou a conveniência de uma conexão sem fio padrão. No entanto, em casa ou no escritório onde a instalação de cabeamento seria muito caro ou complicado de implementar, HomePlug deve ser considerado como uma alternativa viável.

Mais um cliente satisfeito!

Como desabilitar um usuário no Linux

Existe n maneiras de desabilitar usuários no Linux, embora muitos utilizem a técnica de alterar a senha para um valor inválido, mas esta não é a forma recomendada, pois o usuário irá perder a senha, mas ele ainda poderá utilizar algum outro token de autenticação (chave SSH por exemplo).

Para desabilitar um usuário completamente utilize:

# usermod –expiredate 1 usuario
(Isto irá setar  a data de expiração do usuário para 02/01/1970)

Se quiser habilitar novamente o usuário sem data de expiração:
# usermod –expiredate -1 usuario